Depressão Infantil: como ajudar seu filho


Em nossa última publicação sobre depressão infantil (clique aqui para ler), citamos os sintomas que podem indicar quadros de depressão em crianças.


Nesse artigo falaremos um pouco sobre o que os pais podem fazer para ajudar na recuperação de filhos que estejam sofrendo com a depressão infantil.


Dados da OMS (Organização Mundial de Saúde) apontam que o número de crianças com depressão praticamente dobrou na última década.

Hoje, a incidência da depressão infantil em todo o mundo chega a quase 9%, sendo que em 2007 esse índice estava em 4,5%.


Psicólogos afirmam que a participação dos pais ou responsáveis é imprescindível para a recuperação da criança, porém muitos ainda não tem conhecimento desse fato e acabam até prejudicando o tratamento, mesmo que algumas vezes estejam tentando ajudar.


Para não cometer esse tipo de erro, veja abaixo o que você, pai ou mãe, pode fazer para ajudar seu filho:

  • Reconheça e elogie as coisas boas que seu filho faz, mesmo que sejam coisas pequenas do cotidiano.

  • Tenha autocontrole e evite qualquer punição, seja ela corporal ou funcional.

  • Mostre amor e afeto incondicionais por seu filho. Dê atenção sempre que ele a pedir.

  • Pratique o diálogo e esteja sempre disposto a ouvir o que seu filho tem para falar.

  • Participe da vida da criança, envolvendo-se com suas atividades escolares, brincadeiras, etc.

  • Evite fazer cobranças excessivas. Lembre-se: seu filho está passando por um dos períodos mais difíceis de sua vida e exigências podem piorar muito o seu quadro.

  • Tome cuidado com o excesso de atividades. Se a criança se sentir sobrecarregada, pode desenvolver um quadro de estresse, que pode agravar a depressão.

  • Se a criança demonstrar preocupação e tristeza, não trate como bobagem. Ouça-a e tente tranquiliza-la com palavras de afeto.

  • Sempre conte com ajuda profissional e jamais dê qualquer medicamento ao seu filho sem recomendação médica.

Apesar de ser uma doença invisível, a depressão já é considerada um dos grandes males do século 21 e, quando não tratada da forma correta, pode levar a consequências gravíssimas e até ao suicídio.


A melhor maneira de prevenir é estar sempre presente na vida de seu filho, participando de suas atividades e demonstrando, com seus atos, o quanto o ama.

81 visualizações

Empresas Parceiras

Portal Tsunago - © Todos os Direitos Reservados a  有限会社ニュービジネス